Ascenção do Espírito Capítulo 10

 


Capítulo 10

O'SENHOR DO LABIRINTO


E no outro dia logo pela manhã um cheiro formidável de café se estendeu pelos ares chegando a meu olfato, mesmo que adormecido eu nunca iria deixar o cheiro de um cafezinho gostoso passar em vão, então me movendo com calma segui o rastro do cheiro, e na cozinha tava o velho reinhard, preparando um cafézinho enquanto cantarolava, olhando um pouco a situação fiquei imovél vendo até onde ele elevaria aqueles cânticos deveras desafinados porém alegres.



Mesmo com o pesar de tudo que tinha acontecido me senti muito alegre, pois aquilo me lembrava as manhãs que eu tinha com minha família, as discussões logo de manhã, o café quente, o pão fofinho e meus pais me dando a benção e o bom dia.



“O senhor reinhard tá tão distraído que sequer me notou chegar, eu deixo ele cantarolar aí e vou arrumar a cama em que dormi ou me apresento a ele agora?” pensei observando.



Mas antes que eu pudesse decidir sobre um ou outro o senhor reinhard já tinha me percebido, ele olhou pra mim e sorrindo disse:


— E Ai pirralho, bom dia… tô preparando um café especial para nós hoje vamos ir explorar as ruínas, então já vai se preparando, e melhor você pegar tudo que for importante pra sobreviver os monstros daquela masmorra não são brincadeira! — Falou o velho reinhard me expulsando da cozinha rapidamente.



“Caramba esse velho tá empolgadão mesmo… espero que isso não seja um problema para a idade dele hahahahah!” Pensei enquanto deixava um pequeno sorriso escapar pelos lábios.


Bom vou trabalhar então, como diz o ditado que acabei de inventar “carro que não anda, não é carro… é sulcata” me preparando depois de uma reflexão filosófica como aquele fui para cumprir meus objetivos.


Então logo depois que nós preparamos e tomámos café eu e o velho fomos em direção as Ruínas,ao chegar logo na porta de entrada tinha-se uma imensa construção com Pilares de bronze que lembravam um pouco da Grécia antiga, havia também gigantes pedaços de paredes e templos avariados, a entrada era de longe a mais visivelmente chamativa, nela


havia dóis Pilares imensos que com toda certeza chegavam aos 20 metros de altura, neles haviam algum tipo de escrita que eu não podia sequer imaginar do que se tratavam.


A entrada tinha detalhes de ouro como desenhos antigos, e pra dentro da ruína só haviam corredores, amplos e profundos, nesses corredores haviam outras entradas menores com corredores mais estreitos e apertados, mas a sensação dentro da ruína sempre era de desconforto como se alguém nos vigiasse o tempo todo, os monstros que apareciam quanto mais adrentavamos eram absurdamente fortes comparados a qualquer outro que pudesse se encontrar fora ruína.


Mas por algum motivo o velho Reinhard era habilidoso o suficiente para dar conta do recado, toda iluminação interior da ruína era sustentada pelas tochas… e também haviam vários canais de tubulação para que o oxigênio circulasse livre.


Também podia notar-se que quanto mais profundo mais raros eram os objetos a se encontrar, desde o momento em que notei esses detalhes eu já sabia instintivamente dizer que àquela Dungeon não era apenas mais uma Dungeon comum, tudo apontava para uma experiência aterrorizante quanto mais profundo íamos.


Mas mesmo que perceptível o velho Reinhard se mantia sempre em pé derrotando os inimigos sem nenhuma complicação ele apenas continuava a avançar como se estivesse seguindo a correntezas de um rio, sem exitar sem temer e de cabeça erguida… por algum momento me contestei se todo o esforço era por sua família, pelo objetivo no qual ele já havia me dito, mesmo que sendo apenas um velhinho doido ele estava muito daora naquele momento.


Então avançamos tanto nas Ruínas que parecia que já tínhamos andado por vários e vários quilômetros sem descanso, e bem em nossa frente havia um Boss totalmente descomunal em seu tamanho e poder, o velho Reinhard tentava enfrentar ele mas sempre era repelido com socos rápidos e potentes que ao aceitar as colunas de sustentação tremiam toda a sala e deixavam buracos arrasadores nos mesmos, com o mínimo esforço aquele Boss causava mais e mais destruição, eu apenas atrapalharia se tentasse alguma coisa, foi então que eu pensei uma coisa.


"Eu não preciso ajudar interferindo diretamente, vou tentar apoiar a longo alcance para que possamos no mínimo escapar com vida daqui, e depois que sairmos daqui podemos planejar tudo com mais cautela". Pensei comigo naquele momento de aflição.


Então sem esperar muito eu gritei para o velho:


— Eiiii Velhoooo! Eu tenho um plano, tenta segurar a atenção do Boss para você que eu já sei os pontos fracos dele! — gritei me preparando para o combate.


— Garoto você é trouxa? Claramente com um tapa desse maldito você morre, tá vendo essas colunas destruídas? Isso foi apenas com alguns de seus golpes observe bem elas são construídas com Barras de metal de puro Mecianeto! Esse metal é tão duro e resistente quanto diamante, mas mesmo assim eles estão todos retorcidos como se não fossem nada, essa sala só continua de pé porque a estrutura é sustentada por esses metais, caso não fosse isso já teria desmoronado! Sobre nós dois! — gritou o velho dando um sermão.



— Olha veja bem, esse é apenas o primeiro Boss se levarmos em conta que já passamos por 10 níveis de andares, ainda deve haver outros Boss muito mais poderosos! Essa Dungeon não é uma Dungeon qualquer, essa Dungeon é uma Dungeon de domínio um espaço de um Lorde Demônio, não sei quem pode ser o Lorde daqui, mas com toda certeza é um ser inimaginavelmente poderoso!— clamou o velho em agitação.



— Calma aí eu nem falei que iria interromper diretamente, seu velho caquético, eu posso me mover muito rápido graças a um treino que recebi do meu finado pai, o ponto fraco desse Boss é seus calcanhares! — respondi ao velho


O velho Reinhard ficou meio que perplexo com tudo como um monstro absurdamente forte, poderia ter um ponto fraco tão trivial, ele estava descrente da situação mas ele não temeu o erro e então disse:


— Certo garoto me diga o plano! — Então olhando para Reinhard iniciei:


— Okay então como já disse o ponto fraco dele é o calcanhar, o único lugar que o casco dele não pode defender é também um ponto de articulação e se conseguirmos injetar uma forte toxina mesmo com o fator regenerativo podemos deixar ele atordoado por um momento, neste tempo vamos precisar arrumar uma forma de transpassar o casco e destruir o âmago dele por completo com isso a regeneração não vai mais funcionar, sem o principal meio de nutrição que é a energia mágica ele vai estar completamente vulnerável a qualquer Ataque! — respondi a Reinhard com genialidade.



— Oh agora saquei, pode ser que dê certo, eu tenho uma flecha com uma espécie de toxina paralisante, extraí ela de uma pequena serpente Esmeralda! Eu vou atirar a flecha você usa sua velocidade para agarrar ela e perfurar o calcanhar do Boss, para que o Boss não te ataque vou contra-atacar ele com tudo para o manter ocupado! — explicou o velho.



— Okay… okay… vamos lá! — respondi em troco.



Então me preparei assim que o velho Reinhard atirou a flecha me movi em um instante, a agarrei ainda no ar e me joguei por dentro as pernas do Boss minotauro então logo atrás me preparei para apunhalar, mas antes que o minotauro pudesse reagir Reinhard o atacou com forças o ocupado e então eu o apunhalei.


Mas para nossa surpresa algo terrível aconteceu… O minotauro estava segurando a flecha com um mão e com a outra ele segurava Reinhard… imediatamente ele me arremessou contra um pilar e eu me vi completamente imóvel… Reinhard tentava escapar mas algo estava diferente do normal o Minotauro estava agora com os pelos maiores, seu corpo parecia muito mais robusto musculoso e maior, e ele se movia assustadoramente rápido o suficiente para que pudesse acompanhar minha velocidade… e a dê Reinhard.



Com toda certeza era visível que seu poder havia sofrido um salto absurdo, e neste momento me caiu uma realidade que me travou novamente trazendo os traumas da guerra.


"Vamos morrer, não há como escapar esse Boss é um verdadeiro monstro" foi o que pensei.


Reinhard a está altura já estava completamente sufocado, mas ele ainda assim me olhou com suas últimas forças e lançou ao chão um espécie de orbe o qual ele carregava com ele antes mesmo que eu o conhecesse.


Naquele momento um buraco se abriu no chão e eu me vi cair dentro dele mas antes de cair o velho Reinhard me tocou com suas últimas palavras:


— Viva garoto! Viva e vingue-se pelas pessoas que perderam tudo nesta guerra, agora todas nossas esperanças estão vivas dentro de você! — Eu não sabia ao certo oq eu sentia ao ouvir aquilo mas de qualquer forma aquela última frase me impactou e me transformou completamente.



Então eu caí por vários minutos e nem sequer conseguia ver o piso, eu caí e cai continuamente, até o momento em que finalmente algo apareceu uma pequena e fraca luz vinda da profundezas daquele buraco, antes de cair eu usei todas forças que me restavam nos bracos e comecei a me preparar para agarrar no primeiro pilar antes de cair no chão, porém no mesmo momento em que me agarrei ao pilar minhas mãos foram completamente esfoladas, a carne viva era visível e a dor era perceptível.



Aí cair eu me vi numa sala vazia, nessa sala havia uma poça de água abaixo de mim e aquela poça de alguma forma curava meus ferimentos instantaneamente… mas como eu ainda me preocupava com Reinhard olhei para cima em busca de tentar reaver algo mas tudo que vi foi um pequeno cilindro cair do teto, e o buraco que um pouco antes estava ali já não estava mais.



Aí pegar o cilindro e abrir havia um mapa das ruínas e também uma espécie de objeto que lembrava a um pequeno graveto, mas aquele objeto era diferente de um graveto sua composição era completamente feita de Obsidiana… junto do graveto havia um manual explicando do que se tratava, e após o ler eu entendi que se tratava de uma arma mágica, uma espécie de arma que guardava energia mágica dentro de si e também no manual havia alguns dos feitiços que poderiam ser utilizados… entre esses estava o <Fire capsule> um ataque que utiliza muita pouca mana e dispara pequena cápsulas de chama condensadas rápidas o suficiente para penetrar até mesmo rochas… o mesmo pode ter sua frequência de disparos, tamanhos e até velocidades alterados assim como seus formatos.


Outro dos feitiços eram a <Walter gum> uma habilidade capaz de gerar corpos de água mutáveis da forma a qual o usuário preferir desde transformar a água em clones, a também transformá-la em tentáculos ou em correntes ou algemas… uma habilidade que permite o usuário usufruir dela para lutar com mais liberdade seu único porém é que gasta uma quantidade de mana ainda maior que a Fire capsule.


porém havia outros feitiços poderosos que só poderiam ser usados uma única vez graças a seu grande gastos esse eram Feitiços capazes de derrotar criaturas bem mais fortes que o usuário como <Inversion> um feitiço que seria capaz de reverter Danos diretamente para o inimigo tornando o portador intangível por um tempo de forma que todo dano desferido sobre o mesmo retornasse ao seus inimigos.


Além de alguns feitiços de potencialização cujo consumiam muita pouca mana sendo capazes de se manterem por horas seguidas como <About Life> uma habilidade capaz de regenerar até grandes feridas, como amputamentos ossos quebrados e até órgãos danificados… porém a mesma regenera pouco a pouco precisando de um certo tempo até recuperação geral… a mesma pode manter energias estáveis sem deixar fadigas, cansaço ou dores… além de <About Life> têm habilidades como

<Speed up> uma habilidade que pode acelerar o metabolismo do utilizador até 3 vezes seu potencial máximo a mesma, não acelera apenas a velocidade física do usuário mas até o


processamento de seu cérebro, fazendo com que o usuário consiga ver inimigos muito mais rápidos sem dificuldades… a habilidades permite o tempo de reação ser igualmente proporcional a seu raciocínio e velocidade de percurso… como a habilidade também conta com um as sendo essa um extra o poder de trocar posição com objetos do cenário o qual tiver contato com o portador… há também a habilidade <Inquisitor> uma habilidade que faz com que a presença do portador seja aterrorizante diminuído a vontade de lutar de seus oponentes… há mesma pode domesticar e até afastar possíveis inimigos.



Por fim há uma última habilidade de fortalecimento físico sendo ela <High strength> uma habilidade que fortalece todas fibras musculares, ossos e até pele do corpo do usuário o tornado muito mais resistentes além de aumentar ainda mais do que a força máxima que o usuário poderia usar de 100% de seus músculos… essa habilidade também têm um extra que é a capacidade de enrijecer o corpo a ponto de se tornar tão duro quanto aço.


E todas essas habilidades mágicas estavam gravadas dentro de fórmulas runicas dentro de um graveto de obsidiana, uma arma que deixariam até um homem indefeso e fraco capaz de combater criaturas mágicas mais fortes.


Eu logo percebi que aquele velhote não era forte coisa nenhuma, ele estava utilizando uma dessas armas para lutar contra o boss, mesmo que a varinha dele parecesse uma arma de alto calibre se comparada a essa, ele já sabia que não tínhamos chances de vitória por Isso abriu aquele buraco estranho e me jogou para longe.


"Ele lançou isso logo depois para que eu pudesse ter uma chance de completar essa Dungeon, o tempo todo ele estava mentindo ele já sabia que a realidade seria cruel, e eu fui ignorante já era de se esperar que essa Dungeon não era uma Dungeon qualquer os monstros todos que apareceram eram bestas de Rank D e C bestas capazes de trazer caos até para aventureiros e soldados bem treinados só passamos por eles graças a arma do velho mas agora eu estou sozinho" pensei em silêncio chocado com a situação.


"Eu realmente não sei o que virá, a seguir eu estou sozinho, e eu só tenho uma arma mágica para me defender, Droga! Droga! Porque? Eu sou um Demi humano mas sou tão fraco eu sou inútil não consigo né comparar a sequer um maldito monstro" pensei lamentando.



— Merda! Agora que chegou a isso eu não posso morrer, preciso achar um jeito de viver, não importa a forma, eu vou sair vivo daqui! — indaguei de peito cheio.


Então me levantei e parti rumo aos confins da Dugeon.